quarta-feira, 29 de julho de 2009

OPINIÃO | A importância dos pais no processo educacional

Participei de uma reunião com pais de uma turma para a qual leciono. Na ocasião, discutimos alguns problemas que ocorrem no referido grupo, bem como possíveis soluções para eles. Foi um momento muito importante, do qual destaco um ponto fundamental: a preocupação de muitos pais com a educação escolar de seus filhos.

No momento, chamou minha atenção a colocação de uma mãe que sabia exatamente o que havia no caderno da filha, assim como um trabalho que ela deveria fazer para minha disciplina. Aquilo me deixou muito contente, pois mostrou que ela, de fato, participava do processo educacional da estudante.

Isso é fundamental nos dias de hoje. Antes, a educação era tida como autoritária. Dizia-se que havia professores quase carrascos e detentos de todo o poder. Hoje, os tempos são outros. O professor é visto como mediador de conhecimentos e experiências. Por isso, ele necessita da ajuda dos pais. Nem tudo cabe a ele na sala de aula. Educação – como comportamento, atitudes – vem de casa. Além disso, os pais precisam estar atentos a como estão seus filhos na escola. Necessitam saber se causam algum problema, se têm bom desempenho, se sentem dificuldades, enfim, necessitam participar.

Dizer que a educação está um caos não vale. O que vale é unir esforços: pais, professores e escola devem atuar juntos na educação. Dessa forma, poderemos dizer que, realmente, participamos do processo educacional de nossas crianças e jovens que serão o futuro do mundo.

Observação: Texto que publiquei na Folha Patrulhense de 29/07/09, à página 2.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário